Depressão e Zumbido no Ouvido: entenda a relação

Depressão e Zumbido no Ouvido

O corpo humano ainda é um terreno indefinido para médicos e cientistas, e muitas patologias e distúrbios podem ser correlacionadas, porém, os fatores geralmente são desconhecidos. Algumas analogias, inclusive, ainda intrigam especialistas que não encontram causas e soluções. E pode até parecer estranho, mas, depressão e zumbido no ouvido têm relação e, provavelmente, um é sintoma do outro. 

Atualmente, é comum pacientes que apresentam quadro clínico de depressão apresentarem zumbidos e chiados nos ouvidos, mesmo antes de serem diagnosticados com a doença no sistema nervoso.

Ao usar medicamentos antidepressivos, os pacientes podem desenvolver chiados com o tempo. A tendência é que sejam temporários e ocorram através da mudança nos níveis de neurotransmissores. No entanto, em alguns casos, zumbidos podem ser apenas uma reação aos medicamentos. 

Outra forma de relação entre zumbidos e reações medicamentosas são os casos em que o uso de antidepressivos pode causar hipersensibilidade na audição do paciente. Contudo, para entender melhor a depressão, é fundamental que o paciente tenha acompanhamento psicológico e/ou psiquiátrico nos casos onde a administração de antidepressivos ocorra. Já para os sintomas nos ouvidos, é aconselhável o acompanhamento com um médico otorrinolaringologista.

Assim como a depressão, o zumbido pode aparecer por inúmeras causas e, muitas delas de caráter desconhecido. Por isso, fazer avaliação auditiva com profissionais capacitados e munidos dos mais modernos equipamentos deve ajudar na busca por um diagnóstico preciso. Em outros casos, serve, também, como prevenção para a perda de audição ou para o surgimento de patologias mais severas.  

Como tratar o zumbido no ouvido? 

Como consequência desta dificuldade de diagnóstico na causa do zumbido no ouvido, muitas pessoas passaram acreditar que não havia tratamento para este problema. Não se deixe enganar, ISTO É UM MITO! Com o alto investimento médico e científico e graças às novas tecnologias, já é possível tratar o zumbido no ouvido de diversas formas, conforme sua possível causa. 

Quando o especialista identifica que há relação entre o zumbido e a perda auditiva, o uso de aparelhos auditivos é o mais recomendado para o tratamento, sendo eficaz para tanto para o zumbido quanto para perda auditiva, demonstrando grandes benefícios para os pacientes que buscam esse tipo de soluções. .Por isso, é a investigação clínica minuciosa que pode trazer a melhor forma de tratamento do Zumbido no Ouvido. Em outros tipos de causa, também são utilizados aparelhos auditivos específicos para o tratamento de zumbido. Conseguindo solucionar ou mesmo amenizar de maneira significativa os sintomas, é um dos equipamentos mais inovadores do mercado e super recomendado por médicos e especialistas. 

Centro Auditivo Especializado

Com profissionais altamente qualificados e as soluções mais modernas em aparelhos auditivos, A Ouviclin trabalha com aparelhos específicos para tratamento do zumbido através da tecnologia multiplex. Muito utilizada nos Estados Unidos, é uma das melhores soluções para o tratamento do zumbido no ouvido. 

Procure a Ouviclin mais próxima a você e cuide da sua saúde auditiva!
Chame no Whatsapp