Diferenciais dos principais modelos de aparelhos auditivos

Diferenciais dos principais modelos de aparelhos auditivos

A tecnologia vem avançando cada vez mais rápido e, o que para muitos significa simplesmente novas formas de lazer e produtividade, para outros quer dizer qualidade de vida. Um bom exemplo disso é a evolução dos aparelhos auditivos que, nas últimas décadas, passaram por avanços inacreditáveis e tornaram-se praticamente uma extensão do corpo humano.

No final dos anos 2000, graças a tecnologia digital e sua conexão com a área médica e científica, surgiram novas possibilidades de aparelhos auditivos cada vez menores e mais sofisticados. Conheça agora alguns deles e seus diferenciais: 

Open Fit

Com adaptação aberta, os aparelhos Open Fit são  indicados, principalmente, para pessoas que sofreram a perda auditiva por excesso de ruídos ao longo da vida, onde o problema é mais evidente nos canais agudos. Isso porque a sua tecnologia possibilita reunir a qualidade do som digital amplificado nas frequências em que a pessoa sofreu a perda, com o som natural que chega ao ouvido sem amplificação nas frequências não afetadas, corrigindo, assim, somente os sons agudos e mantendo os graves normalmente. 

Retro-BTE

Aparelho mais tradicional, o Retro-BTE  possui um tamanho médio, o que é uma clara desvantagem em comparação as opções menores, no entanto, atrai pelo preço  potência e versatilidade, uma vez que o seu valor é o mais acessível entre os modelos disponíveis no mercado e ele pode ser adaptado para diferentes graus de perda auditiva, alcançando todas as frequências possíveis de serem reparadas com esse tipo de tratamento. 

Receptor no Canal - RIC

Evolução do modelo anterior, o RIC é uma das opções mais completas  para quem querem ouvir bem com discrição. Medindo menos de 1 cm, ele possui duas diferentes versões de receptores, com um modelo para quem sofre de perdas auditivas leves e moderadas, e outro para pessoas com perda severa. 

Além disso, para garantir a qualidade do som, o RIC possui sistema bluetooth e wireless.

Invisíveis- IIC


Diferenciais dos principais modelos de aparelhos auditivos


Como o próprio nome já diz, o IIC é totalmente invisível, o que por si só já é um grande diferencial, mas não para por aí. Além disso, ele vem com tecnologia de som espacial, dando ao usuário um resultado muito próximo do som ambiente. Recomendado para pessoas com perda auditiva leve a moderadamente severa, esse modelo mede menos de 0,8 cm e com ele é possível até usar óculos e fone de ouvido.

Intra Canal - CIC e ITC

As diferenças entre eles estão principalmente na sua localização e potência. Enquanto o aparelho CIC fica somente no conduto auditivo, sendo praticamente imperceptível em alguns ângulos,  o ITC fica alojado também em parte da orelha, sendo um pouco menos discreto.

Outra diferença está na indicação: o modelo CIC é indicado para perdas auditivas leves a moderadamente severas, podendo chegar a uma potência de até 100 decibéis. Já o modelo ITC, pode ser usado por pessoas com grau de perda leve a moderadamente severa, sendo o mais potente entre os aparelhos intra.